WGP estreia na Bahia com duas disputas de cinturão no card

É com enorme satisfação que chegamos pela primeira vez à Bahia e tenho certeza de que seremos bem recebidos e daremos ao público um grande show. Ravy Brunow e Bruno Gazani precisavam se enfrentar novamente depois da primeira luta entre eles.

Menos de 15 dias depois de seu último evento, o WGP Kickboxing já tem mais uma edição agendada para brindar os fãs do maior evento de trocação da América Latina. No dia 16 de julho, a organização desembarca pela primeira vez na Bahia, em Salvador, para a realização do WGP #32. Dois cinturões estarão em jogo nesta noite especial: o anfitrião Ravy Brunow enfrenta o paulista Bruno Gazani em uma esperada revanche pelo título dos meio-médios (até 71,8kg), na luta principal, enquanto na co-luta a capixaba Barbara Nepomuceno e a chilena Aylin Sobrino se enfrentam para definir a primeira campeã peso-super-médio feminino (+70kg). O WGP #32 será transmitido ao vivo pelo Canal Combate, Esporte Interativo, Bandsports e TV Aratu (filial do SBT na Bahia).

"É com enorme satisfação que chegamos pela primeira vez à Bahia e tenho certeza de que seremos bem recebidos e daremos ao público um grande show. Ravy Brunow e Bruno Gazani precisavam se enfrentar novamente depois da primeira luta entre eles, que gerou margem para discussão sobre o resultado, ainda mais depois do que o Gazani fez no WGP #30, um nocaute avassalador. E a Barbara é uma lutadora que está entre as melhores do mundo, que terá de se provar que merece o título do WGP com mais uma grande exibição", destaca Paulinho Zorello, diretor-executivo do WGP Kickboxing.

Atual campeão dos meio-médios, Ravy Brunow é baiano de Eunápolis, cidade no interior do estado, e defende seu título pela segunda vez. Na primeira, venceu o próprio Bruno Gazani em duelo muito equilibrado, realizado na edição 28, em dezembro do ano passado. A vitória interrompeu uma sequência de sete triunfos seguidos de Gazani no WGP.

No cartel, os dois atletas somam números parecidos. Enquanto Brunow possui 54 vitórias e apenas seis derrotas, Gazani tem 46 triunfos e cinco reveses. Ravy não luta desde do duelo entre os dois, enquanto Gazani retornou ao cage no WGP #30 e nocauteou o argentino Emanuel Ramponi com uma linda joelhada voadora.

Na segunda luta mais importante da noite do WGP #32, a capixaba campeã mundial de kickboxing, Barbara Nepomuceno, encara a chilena Aylin Sobrino pelo título peso-super-médio feminino do WGP, buscando manter a invencibilidade no WGP. Barbara faz seu terceiro combate na organização, já tendo vencido Camila Guimarães e Talita Moreno nas edições 21 e 26, respectivamente. A lutadora impressionou pela agressividade, principalmente no duelo diante de Moreno, quando nocauteou de forma espetacular.

Ainda nos principais embates da noite, o baiano campeão do Challenger GP dos cruzadores (até 85kg), Junior Alpha, desce para a categoria dos meio-pesados (até 80kg) para encarar o carioca Ruan Ferreira. Os baianos Sergio Pestinha, que faz duelo internacional diante do boliviano Ivan Ibarbe, e Marcus Vinicius, que encara o cearense radicado no Rio Grande do Sul, Guilherme ‘Ceará’ Sanchos, prometem levar muita torcida ao Centro Pan-Americano de Judô.

WGP #32 terá card preliminar com 18 atletas da região Nordeste

Conhecido por sempre dar oportunidades para novos talentos do kickboxing nacional, o WGP manteve a tradição na 32ª edição e escala um card preliminar com dez duelos e representantes locais em todos eles. Além de dar a oportunidade para atletas de diversas cidades da Bahia, a organização escalou jovens promessas da região nordeste.

"Os lutadores da Bahia e da região Nordeste em geral têm bastante tradição no WGP e nada mais justo do que presentear o público baiano com um grande evento e diversos lutadores da região no card. Nossa expectativa é de um grande show, que fique marcado na história do WGP", projeta Paulinho Zorello.

WGP #32: Brunow vs Gazani II

Data: Sábado, dia 02 de julho de 2016
Local: Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras
Endereço: Estr. do Coqueiro Grande, 127 - Fazenda Grande 2, Salvador - BA
Transmissão: Canal Combate, Bandsports, Esporte Interativo e TV Aratu (Afiliada do SBT na Bahia)
Ingressos online: em breve
Pontos de venda: em breve

Main Card

MAIN EVENT: Disputa de Cinturão WGP Kickboxing
K1 Rules / Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Ravy Brunow (Ravy Brunow Team / Combat Club - Eunápolis/BA) vs Bruno Gazani (União ABC - São Paulo/SP)

CO-MAIN EVENT: Disputa de Cinturão WGP Kickboxing
K1 Rules / Peso-Super-Médio FEM (+70 Kg)
Barbara Nepomuceno (Team Big G - Vila Velha/ES - BRA) vs Aylin Sobrino (Brutal Striker - Santiago - CHI)

SUPER FIGHT 4
K1 Rules / Peso-Meio-Pesado (80 Kg)
Junior ‘Alpha’ (Kingstar - Salvador/BA) vs Ruan Ferreira (Team Striker - Macaé/RJ)

SUPER FIGHT 3
K1 Rules / Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Sergio ‘Pestinha’ (Equipe Marca Maior - Salvador/BA - BRA) vs Ivan Ibarbe (Team Marcelo Salas - Santa Cruz de la Sierra - BOL)

SUPER FIGHT 2
K1 Rules / Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Marcus Vinícius (Rocha União Fight - Salvador/BA) vs Guilherme ‘Ceará’ Sanchos (Ceará Team - Porto Alegre/RS)

SUPER FIGHT 1
K1 Rules / Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Miguel Jacob (APKB - Rio de Janeiro/RJ) vs Adriano Oliveira (Coliseum Team - Cuiabá/MT)

WGP #32: Super Fights

SUPER FIGHT 4
K1 Rules / Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Leonardo Casotti (Team Big G - Vila Velha/ES) vs A Definir

SUPER FIGHT 3
K1 Rules / Peso-Leve (60 Kg)
Denis Júnior (Coliseu Fight Clube - Vitória/ES) vs Diego Piovezan (União ABC - São Paulo/SP)

SUPER FIGHT 2
K1 Rules / Peso-Galo (56,4 Kg)
Antonio ‘Pitiço’ (CT Celio Rodrigues - Guarapuava/PR) vs Rafael Spin (Ely Kickboxing - Belo Horizonte/MG)

SUPER FIGHT 1
K1 Rules / Peso-Leve (60 Kg)
Ricardo ‘Coreano’ (The Rocky Kickboxing - Fortaleza/CE) vs Hugo Nascimento (Chacal Team - Aracajú/SE)

Responsável por afiar trocação de José Aldo, Emerson Falcão aposta em nocaute sobre Frankie Edgar

A cabeça do Junior sempre foi uma de suas maiores qualidades. Nesse caso não foi diferente, ele usou a derrota para buscar uma motivação extra, treinar mais e evoluir

No próximo sábado, dia 9 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos, acontece o UFC 200, naquele que promete ser o maior show da franquia nos últimos anos. Entre nomes estelares em lutas muito aguardadas está a do brasileiro José Aldo, que retorna após a dura perda do cinturão peso-pena (até 65,8kg) da organização para Conor McGregor. Ele encara o norte-americano Frankie Edgar na disputa pelo título interino da divisão, e um dos responsáveis pela preparação para a volta por cima do ex-campeão é Emerson Falcão, campeão do WGP Kickboxing e treinador de muay e kickboxing da Nova União.

Aos 29 anos, Emerson compete profissionalmente há aproximadamente 14 anos e é membro da Nova União desde 2010. Natural de Niterói, no Rio de Janeiro, chegou à equipe de Dedé Pederneiras através do peso-médio do UFC Thales Leites, integrante de longa data da equipe e conterrâneo de Emerson. A relação com José Aldo começou no mesmo período e, com cerca de seis anos de muito treinamento e conselhos, Falcão virou amigo pessoal de Aldo.

"Minha relação pessoal com o Junior (José Aldo) é ótima, nos damos bem tanto dentro da academia quanto fora. Nos últimos meses nossa relação tem sido mais intensa devido ao lado profissional para esse camp e estou muito confiante no trabalho que temos feito", afirma Falcão, que embarcou para Las Vegas na última segunda-feira com Aldo.

Emerson já participou de diversos camps de treinamento de Aldo, mas na preparação para a luta deste sábado o niteroiense foi um dos mais ativos no dia a dia do ex-campeão. Seja afiando sua trocação ou o acompanhando de perto em todos os seus compromissos profissionais com a organização, Falcão se aproximou de Aldo e revela como está a cabeça do amigo depois da perda do título, em dezembro do ano passado.

"A cabeça do Junior sempre foi uma de suas maiores qualidades. Nesse caso não foi diferente, ele usou a derrota para buscar uma motivação extra, treinar mais e evoluir. Nas lutas ele está sempre focado, vivendo aquele momento e nessa não vai ser diferente. Tenho certeza que nada irá atrapalhá-lo a executar o plano traçado e nós vamos voltar a ver aquele Aldo que todo mundo conhece", afirma.

Sobre o adversário de Aldo, Emerson reconhece a qualidade de Frankie Edgar, mas garante ver o amigo em um processo de evolução maior que o rival. "Acho que ele evoluiu sim, mas não tanto quanto o Junior", e aproveita para deixar seu palpite para o duelo. "Creio que essa luta não dura os cinco rounds. Sem querer puxar a sardinha para o meu lado, mas acho que o Junior nocauteia antes do terceiro assalto", aposta Falcão.

Sobre a MKS

A MKS Combat Gear atua há 20 anos no mercado, oferecendo equipamentos de alta qualidade para prática de artes marciais, para amadores e profissionais. A empresa foi construída baseada em princípios de disciplina e honra, que deram vida à campanha #LUTECOMHONRA, bandeira carregada pelos atletas que fazem parte do Time MKS, formado por Thales Leites, do UFC, pela campeã mundial do XFC e nova contratada do UFC Poliana Botelho e pelo campeão do WGP Kickboxing Emerson Falcão.

Imortal FC 5 tem presença de ex-lutadores do UFC e disputa de contrato com o Pancrase

Voltamos ao Ginásio Max Rosenmann com uma edição que certamente será histórica. Estamos pensando fora da caixa em busca de soluções para o esporte e para promover nossos atletas em escala global. Tenho certeza que essa parceria será um sucesso.

A cidade de São José dos Pinhais, no Paraná, vai receber mais uma edição de um os maiores eventos de MMA do Brasil. No dia 23 de julho, o Imortal FC 5 - Road to Pancrase desembarca na cidade com a presença de lutadores renomados, além dos GP’s da categoria até 57kg, que vai premiar o vencedor com um contrato de três lutas com o Pancrase, evento japonês e um dos mais renomados de todo o mundo. Entre os escalados para o card, está os ex-lutadores do UFC, Leonardo "Macarrão" Mafra, Wendell "Negão" Oliveira, Wagner "Galeto" Campos e Vinícius Vina. Concorrendo ao título do GP dos moscas estão João Alicate, Rogério Bontorin, Diego Santos e Ivonei Pridonik. O card principal será transmitido ao vivo pelo Esporte Interativo, a partir das 21h (de Brasília).

"Voltamos ao Ginásio Max Rosenmann com uma edição que certamente será histórica", garante o presidente do Imortal FC, Stéfano Sartori. "Primeiramente gostaria de destacar essa parceria com uma das maiores e mais tradicionais organizações do planeta. Estamos pensando fora da caixa em busca de soluções para o esporte e para promover nossos atletas em escala global. Tenho certeza que essa parceria será um sucesso. Abrilhantando ainda mais esse card, temos quatro atletas que já passaram pelo UFC nas superlutas do evento. Será inesquecível", celebra.

Ex-lutadores do UFC no card principal

Além das semifinais e finais do GP até 57kg, o Imortal FC 5 - Road to Pancrase vai receber quatro superlutas, com a presença de lutadores que recentemente estiveram no UFC. Na divisão até 66kg, Wagner Galeto encara Rafael Baraka, enquanto Vinicius Vina terá pela frente o ex-desafiante ao cinturão do Legacy, Ricardo Carcacinha. Até 77kg, Wendell Negão encara Gilmar Manaus. Na co-luta da noite, Leonardo "Macarrão" Mafra medirá forças em um embate com João Carvalho.

Macarrão chega ao Imortal com um impressionante cartel de 13 vitórias e só três derrotas. No Ultimate, venceu Cain Carrizota no UFC Fight Night 62. Veterano, Wendell Negão soma 25 triunfos na carreira, com dez derrotas, e vem de vitória em seu último combate. Já Vinicius Vina, aos 36 anos, venceu 23 vezes, sendo 14 por finalização.

Sulistas por um contrato internacional

A parceria entre o Imortal FC e o Pancrase vai render frutos para um dos lutadores escalados para às semifinais do GP da divisão até 57kg. Na disputa pelo título, os paranaenses João Alicate, Rogerio Bontorin e Diego Santos, além do catarinense Ivonei Pridonik, lutam entre si para conquistar o torneio e garantir as três lutas no Japão. As chaves ainda não foram sorteadas, mas os quatro fazem as duas lutas que abrem o card principal, com os vencedores protagonizando o main event da noite em São José dos Pinhais.

Eles chegam para esse duelo com carteis distintos. Natural de Joinville, Pridonik vem de vitória, com um cartel 8-5 e faz sua estreia na organização, assim como Rogerio Bontorin, que está invicto na carreira com oito vitórias. Vindo de derrota no Imortal FC 4, para Jardel Evangelista, João Alicate tenta retomar o caminho das vitórias e aumentar seu cartel positivo de 9-2. Outro que não é estreante na organização é Diego Santos, de 33 anos. Ele venceu no último Imortal Shyudi Yamauchi e tem nove vitórias e seis derrotas.

O evento ainda terá mais 13 lutas no card preliminar com um duelo feminina, na divisão até 55kg, entre Liana Pirosin e Pri Ferreira. O Imortal FC 5 inicia os duelos com três superlutas nas regras do K-1.

Imortal FC 5 - Road to Pancrase
Local: Ginasio Max Rosenmann - São José dos Pinhais (PR)
Data: Sábado, 23 de julho, a partir das 16h
Transmissão: Esporte Interativo - a partir das 21h (de Brasília)
Mias informações em: https://www.facebook.com/imortalfightingchampionship/?fref=ts

Card Principal

FINAL GP ATÉ 57 kg
Até 70kg: Leonardo "Macarrão" Mafra (KINGS MMA) x João Carvalho (Fight Only)
Até 77kg: Wendell "Negão" Oliveira (XGYM) x Gilmar "Manaus" Dutra (Noguchi)
Até 66kg: Vinicius "Vina" Pancini (Team Bronx) x Ricardo "Carcacinha" Ramos (Black Sheep)
Até: 66kg Wagner "Galeto" Campos (Fight Only) x Rafael "Baraka" Correia (OCS)
SEMIFINAL GP 57kg
SEMIFINAL GP 57kg
Participantes do GP (João Alicate, Rogerio Bontorin, Diego Santos, Ivonei Pridonik)

Card Preliminar
Até 74kg: Thiago Bel (Evolução Thai) x "Rafael Saddam" Bueno (Thai Naja)
Até 57kg: Cristiano "Pequeno" Souza (Rasthai) x Paulo Cesar "Bandido" (Killer Bees)
Até 77kg: Wellington Turman (Gile Ribeiro) x Dyego Roberto (Chute Boxe)
Até 61kg: Magnum Max (Evolução Thai) x Ewerton Blitzkow "Seu Boneco" (Chute Boxe)
Até 66kg: Gustavo "Showman" Wurtlitzer (IMMORTAL) x Diego Silva (Hemmers Gym)
Até 70kg: Everton Toniazzo (Confiance JJ) x Edinelson Alemao (Area VIP)
Até 55kg: Liana Pirosin (Rasthai) x Pri Ferreira (Champions)
Até 84kg: Cristiano Frohlich (Evolução Thai) x Marcelo Augusto (Team Felipe Vidal)
Até 70kg: Antonio Paulo "Nego" (King Shark) x Lucas Batschauer (Black Gold Team)
Até 66kg: Luis Killer (Evolução Thai) x Diego Silverio (Mangueboy)
Até 57kg: Paulo Brincalhão (Hemmers Gym) x Eduardo Wellington (Noguchi)
Até 70kg: Douglas Puma (Stark) x Paulo Henrique Russo (Cães do Ringue)
Até 61kg: Alan Psicopata (Team Lions) x Douglas Tito (Marcelo Brito)

SUPER LUTAS DE K1

Até 65kg: Jordan Kranio (Teixeira) x Guilherme Jab (Killer Bees)
Até 65kg: Diego Shaolin (Teixeira) x John Wesley (World Strong)
Até 65kg: Vilmar Correia (Black Diamond) x Felipe Holland (Insane)

Aspera FC 41 marca retorno de ex-UFC Marcio Lyoto, traz disputa de cinturão e GP

Conseguimos montar um card de nível internacional, acredito que seja o mais forte que já montamos em todas essas edições

Brilhar internacionalmente é objetivo comum entre os lutadores de MMA de todo mundo. O Aspera FC, franquia que mais cresce no Brasil, dará a oportunidade de um atleta assinar contrato de quatro lutas com o KSW, evento polonês considerado o maior da Europa. Para isso, será preciso vencer dois adversários na mesma noite no torneio peso-leve (até 70kg) do Aspera FC 41: Road to KSW, dia 9 de julho, na Arena Multiuso de São José, região metropolitana de Florianópolis. O ex-UFC Ivan Batman enfrenta Guilherme Carcaça numa semifinal, enquanto Renato Pezinho pega Fernando Sagati na outra.

O AFC 41 ainda terá a disputa de cinturão peso-pena (até 66kg), entre Felipe Cruz e Richard Godoy, além da volta de Marcio Lyoto, finalista da terceira temporada do TUF Brasil e ex-UFC, contra o jovem Brendson Ribeiro, de apenas 19 anos. A curitibana Vanessinha Guimarães também retorna, após brilhar internacionalmente, para enfrentar Marina Rodriguez.

"Conseguimos montar um card de nível internacional, acredito que seja o mais forte que já montamos em todas essas edições", destaca o presidente do AFC, Marcelo Brigadeiro. "Nosso objetivo é fazer os melhores eventos do Brasil e dar oportunidades aos nossos atletas de brilharem no exterior e o AFC 41 será incrível justamente por isso. Quem vencer o GP vai para o KSW bastante provado, porque são quatro atletas de elite se enfrentando. Estamos orgulhosos com o resultado, com a possibilidade de colocar uma disputa de cinturão e receber o Marcio Lyoto de volta ao circuito nacional como um grande teste para o Brendson Ribeiro".

Sulistas fazem luta principal do Aspera FC 41

A região Sul do Brasil sempre foi conhecida por revelar grandes talentos do MMA. No Aspera FC 41, dois deles se enfrentam em busca do cinturão peso-pena: o catarinense Felipe Cruz (16-3, 0-0 AFC), da Team Tavares, enfrenta Richard Godoy (10-2, 0-0 AFC), representante da Thai Advance, de Foz do Iguaçu (PR). Ambos estreiam no Aspera FC invictos há três lutas, tendo Godoy uma leve vantagem. Ele nocauteou ou finalizou seus três últimos oponentes, todos em 2015, enquanto Cruz acumula dois triunfos por decisão, em 2014 e 2015, e um empate em sua última exibição, no Imortal FC 4, em maio passado.

Marcio Lyoto se testa diante de revelação paraense

O ano de 2014 marcou a carreira do catarinense Marcio Lyoto. Escolhido entre os participantes o TUF Brasil 3, ele chegou até a decisão na categoria dos médios (até 84,3kg) e foi visto como um dos grandes prospectos, já que ostentava uma invencibilidade como profissional de 11 lutas. Na decisão do TUF, acabou derrotado para Warlley Alves e depois amargou mais dois reveses no Ultimate. Agora, está de volta a um evento nacional, mais experiente aos 27 anos, e vai encarar a revelação do Pará, Brendson Ribeiro. O duelo será um teste para Lyoto, já que vem desta sequência negativa.

Brendson chega para esse combate com um cartel de impressionar. Atleta da Hard Fight/Machida Team, no Pará, ele venceu sete dos seus oito confrontos na carreira, com apenas 19 anos. Das vitórias, cinco foram no primeiro round, sendo quatro por nocaute.

Quatro disputam contrato com KSW

Além da disputa de cinturão e das presenças de grandes nomes como Marcio Lyoto, o AFC 41 marcará a parceria com a franquia polonesa, e maior evento da Europa, o KSW. E quatro nomes entrarão em rota de colisão pelo contrato de quatro lutas no Velho Continente. O Road to KSW terá na primeira semifinal o duelo entre o ex-UFC Ivan Batman (26-6, 0-0 AFC) e Guilherme Carcaça (14-4, 1-0 AFC). No outro lado, o paranaense Renato Pezinho (16-8, 1-0 AFC) mede forças com o também paranaense Fernando Sagati (7-1, 0-0 AFC).

Os vencedores dessas semifinais, se enfrentam na mesma noite no evento principal pelo contrato com o KSW, após a disputa de cinturão entre Felipe Cruz e Richard Godoy.

Confira todas as informações na fan page do Aspera FC: facebook.com/asperafc

Aspera FC 41:Road to KSW

Data: Sábado, 9 de julho de 2016
Local: Arena Multiuso, São José, Santa Catarina
Transmissão: Esporte Interativo, a partir das 20h (de Brasília)

Card Principal - ao vivo no Esporte Interativo a partir das 20h

Final ROAD TO KSW
Cinturão até 66kg - Felipe Cruz (Team Tavares) x Richard Godoy (Thai Advance)
Até 84kg - Márcio Lyoto (Team Tavares) x Brendson Ribeiro (Hard Fight/Machida Karatê)
Até 57kg - Marcelo Hulk (Rangel Farias Team) x Patrique Tavares (IFTeam)
Até 66kg - Alex Leko (Astra Fight Team) x Marcelo Piazza (Team Tavares)
Até 52kg - Marina Rodriguez (Thai Brasil) x Vanessinha Guimarães (CM System)
Semifinal ROAD TO KSW - Renato Pezinho (CT KO) x Fernando Sagati (King Shark)
Semifinal ROAD TO KSW - Ivan Batman (Team Tavares) x Guilherme Carcaça (Black Sheep MMA)

Card Preliminar
Até 70kg - Alexandre Cidade (Team Tavares) x Thiago Natã (Wado De La Riva)
Até 120kg - Ricardo Prasel (Striker’s House) x Helton Cruz (Neo Dojo)
Até 61kg - Nahuel Gandolfi (Astra Fight Team Argentina) x Luís André (Rangel Farias Team)
Até 70kg - Rafael Back (Team Tavares) x Igor Soares (Thai Brasil)
Até 61kg - Gisele Moreira (Chute Boxe) x Talita de Oliveira (IFTeam)
Até 48kg - Silvânia Monteiro (Wado De La Riva) x Thaiane Souza (CM System)
Até 61kg - Robson Pedra (Wado De La Riva) x Adoniran Dos Santos (Thai Brasil)
Até 57kg - Valdair Branco (Branco Team) x Alan Gogoboy (Chute Boxe)
Até 61kg - Daniel Moura (Team Tavares) x Fernando Borges (ASM Lages)
Até 84kg - Agustin Amarilla (Funcional Sports) x Cleiton Da Silva (CJ Fight)

Boxeador de Osasco conquista cinturão brasileiro dos pesos pesados e se despede dos ringues

Boxeador de Osasco conquista cinturão brasileiro dos pesos pesados e se despede dos ringues Campeão dos pesos pesados do boxe brasileiro, o osasquense Lino Barros se despediu da carreira. "O que eu poderia ter feito pelo boxe dentro do ringue eu fiz. Agora é hora de parar e me dedicar às atividades fora do ringue", explicou.O boxeador conquistou o título  Brasileiro de Peso Pesado, da Confederação Brasileira de Boxe Pr...