Decisão coloca tradição de Osasco à prova contra o caçula Barueri

De um lado, equipe defende hegemonia paulista, mas terá pela frente projeto coordenado por Zé Roberto; Erika e Tandara são alguns dos destaques do clássico

Fotos: Gaspar Nóbrega/Inovafoto e João Neto/Fotojump

O Hinode Barueri e o Vôlei Nestlé Osasco começam nesta segunda-feira (9), às 21h30, no ginásio José Corrêa, a decidir o Campeonato Paulista, em um jogo que confronta a tradição do atual pentacampeão estadual contra um caçula de peso na competição, sob o comando do tricampeão olímpico José Roberto Guimarães. A segunda partida será no Ginásio José Liberatti, na sexta-feira (13) e os jogos serão transmitidos pela SporTV.

Apesar de ser o atual campeão estadual, as osasquenses passaram por um processo de reformulação e mudaram 50% do time. A equipe também não tem o técnico Luizomar de Moura, que segue com a seleção do Peru e só deve retornar após o começo da Superliga Feminina. 

Apesar disso, a chegada de Tandara e Bia na fase final do Estadual animou o clube, que não teve grandes dificuldades para eliminar o Bauru na fase semifinal. 

"Barueri tem três jogadoras de seleção brasileira e foi a primeira equipe a ser formada para a temporada, ou seja, tende a apresentar um melhor entrosamento. Vamos fazer o nosso jogo, pois temos um time muito bom, muito competitivo", afirma o técnico Spencer Lee, substituto de Luizomar.

A cautela faz sentido. Na primeira fase, as baruerienses venceram por 3 sets a 0, ainda na segunda rodada do torneio. O clube formado no final do ano passado pelo técnico José Roberto Guimarães está invicto em casa e tentará fazer este fator valer novamente na decisão. "Trabalhamos muito duro para chegar até aqui e nosso grupo merece muito. Foi um jogo muito difícil, mas conseguimos correr atrás do nosso resultado e agora estamos na final", afirmou a capitã Erika,

Curiosamente, o Vôlei Nestlé também vem de uma longa série de invencibilidade no Liberatti. Em caso de uma vitória para cada lado, o título será definido no Golden Set. 

Para chegar à decisão, o Osasco derrotou Bauru no sábado (7) por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 25/22, 19/25 e 25/19, em 1h48min, e está mais perto do sexto título estadual consecutivo. No caso de Barueri, a equipe virou para cima do Pinheiros e conquistou a vaga com uma vitória por 3 sets a 2.

Já é registrado? Acesse sua conta.

Deixe o seu comentário

Quinta, 19 Outubro 2017
 
Sem comentários ainda