Hinode Barueri vira sobre Bauru e se iguala ao Osasco

​Clube faz 3 sets a 2 e chega a 18 pontos, empatado na terceira posição

Em partida muito equilibrada, o Hinode Barueri derrotou o Vôlei Bauru por 3 sets a 2 (25/22), 20/25, 20/25, 25/18 e 15/12), neste sábado (25), no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

Com o resultado, a equipe comandada por Zé Roberto Guimarães chegou a 18 pontos em nove partidas, empatando com o Vôlei Nestlé Osasco na terceira colocação da Superliga Feminina. Foi a sexta vitória do time, que na próxima rodada vai a Belo Horizonte enfrentar o Camponesa/Minas.

No primeiro set, os donos da casa estiveram sempre na frente do placar e mantiveran uma vantagem de dois pontos sobre o Hinode, até o empate em 11 a 11. A igualdade, porém, durou pouco e logo as donas da casa abriram 16 a 12 e tiveram tranquilidade para fechar a parcial em 25 a 20, num erro de ataque do Hinode.

Mais ligada, variando bem os ataques e sacando com eficiência, a equipe de Barueri começou o segundo set de forma arrasadora, abrindo 5 a 0 num bloqueio lindo de Jacqueline. A vantagem chegou a oito pontos (11 a 3), numa bola de cheque de Suelle, mas não foi possível manter o ritmo avassalador e o Bauru diminuiu a diferença para a casa dos cinco pontos. Porém com a margem de segurança no placar, as meninas de Barueri souberam controlar a reação adversária e mantiveram o controle do jogo até o fim, fechando o set num bloqueio de Francine.

A história foi um pouco diferente no set seguinte, que começou equilibrado até 9 a 9, quando o Hinode abriu três pontos com três ataques de Edinara, inclusive o último de costas. Um erro do Bauru ainda deu mais um ponto para o Barueri, que não se abalou quando a vantagem caiu para dois pontos (15 a 13). Dois contra-ataques de Suelle, mais dois pontos de Francine levaram o jogo para 19 a 13 e o time fechou com tranquilidade por 25 a 20, com mais um ataque de Suelle.

No quarto set, o Bauru manteve em quadra as reservas Ju Carrijo e a canhota Ariane e a mudança deu certo. O set foi equilibrado até 15 a 15. Além da dificuldade para marcar o time adversário com a nova formação, a equipe de Zé Roberto cometeu muitos erros e viu o Bauru não ter dificuldades para empatar e levar o jogo para o tie-break, com um ataque de Palacio.

O set decisivo foi outro marcado pelo equilíbrio. O Hinode começou ligeiramente melhor, marcando 5 a 2. Com apoio da torcida, o Bauru, que ficara atrás do placar o tempo todo, não se entregou a chegou ao empate em 12 a 12. Foi quando apareceu o talento de Edinara, num ataque do fundo, e Jacqueline, bloqueando para marcar 14 a 12. E o jogo terminou com um bloqueio da levantadora Ana Cristina.

O Hinodê Barueri começou com Edinara, Fê Ísis, Ana Cristina, Suelle, Francine, Jaqueline e a líbero Renatinha. Entraram Naiane, Sara, Fran e Saraelen.

Oeste sofre empate no fim e Mazinho não se isola n...
Oeste renova com Roberto Cavalo para 2018