Oeste sofre empate no fim e Mazinho não se isola na artilharia

Rubrão se despediu na sexta posição ao ficar no 1 a 1 contra o Goiás e foi líder em empates

Em clima de fim de ano, Oeste e Goiás fizeram um jogo que valia pouco para as duas equipes na Série B do Campeonato Brasileiro. Mas a Arena Barueri teve um movimentado confronto que terminou em 1 a 1, com um golaço do alviverde nos minutos finais.

A principal marca em jogo era do meia Mazinho, que poderia se isolar na artilharia do torneio caso marcasse seu 17º gol na competição. Por duas vezes, no entanto, o camisa dez ficou no quase e terminou com os mesmos 16 de Bergson, do Paysandu.

Na primeira oportunidade clara do Rubrão, o zagueiro do Goiás Vitor Monte entregou a bola nos pés de Mazinho, no meio de campo. Ele arrancou sozinho e cara a cara com o goleiro bateu, mas Marcelo Rangel fechou o ângulo e salvou. No rebote, porém, Raphael Luz não perdoou e abriu o placar.

Mazinho ainda receberia cruzamento de Henrique, na entrada da pequena área, mas desajeitado cabeceou para trás.

Do lado do Goiás, com uma má campanha na Série B, mas sem riscos de rebaixamento, o time buscou mais o gol e criou chances no primeiro e no segundo tempo. Mas só chegou ao empate no último lance, em chute forte de Rezende, surpreendendo o goleiro André Dias, que fez sua primeira partida com a camisa do Rubrão.

O Oeste terminou a Série B em sexto lugar, com 59 pontos, cinco a menos do que o quarto colocado. A equipe encerrou o torneio como a que mais empatou, com 17 resultados iguais, 14 vitórias e sete derrotas. O clube marcou 43 vezes (16 de Mazinho) e sofreu 31 gols.

Agora, o clube terá um período de férias e volta a jogar em janeiro pelo Campeonato Paulista, quando briga pelo acesso na Série A2. O técnico Roberto Cavalo renovou o contrato para a temporada de 2018.

Oeste e Audax têm datas da estreia na Copa SP
Hinode Barueri vira sobre Bauru e se iguala ao Osa...